Saiba tudo sobre iluminação. Assine nossa newsletter!

Como criar um projeto de iluminação natural para galpões de fábricas?

Poder ver a luz do sol com frequência é um desejo comum. Com isso em mente, cada vez mais empresas têm buscado aproveitar o uso de iluminação natural em suas dependências. Além da satisfação dos colaboradores, essa medida garante economia para a companhia, já que há uma redução no consumo de energia.

Estudos indicam que morar ou trabalhar em locais que recebem pouca ou nenhuma luz solar pode até levar a distúrbios como a depressão. Uma alternativa é adotar soluções arquitetônicas que permitam aproveitar a iluminação natural.

A melhor forma de aproveitá-la ao máximo é fazer estudos já no início do projeto de arquitetura. Nesses levantamentos, são analisados o clima da região, a quantidade de luz, a orientação solar, a quantidade de horas diárias de luz e assim por diante.

Com base nessas informações, é possível escolher diferentes soluções. Quer saber mais sobre como aproveitar a iluminação natural em seu projeto de galpão de fábrica? Acompanhe o texto a seguir e confira!

Qual a importância da edificação com iluminação natural?

Ambientes mais agradáveis, sustentáveis e bem iluminados têm influência direta na produtividade da equipe. Por isso, ter um galpão com essas características é um bom ponto de partida para empresas que buscam ter profissionais mais motivados no ambiente de trabalho.

Quando se pensa em quantas horas cada trabalhador passa na empresa, a criação de projetos deve contemplar mais conforto nas áreas de trabalho. Isso inclui vários aspectos e passa tanto por móveis e decoração quanto pela iluminação do ambiente.

Esse tipo de projeto traz benefícios para as companhias que o adotam. E isso vai muito além da redução de custos significativa de energia elétrica proveniente da opção pelo uso da iluminação natural. Veja outros benefícios a seguir!

Saúde e bem-estar da equipe

Entre as consequências da exposição à luz solar está a regularidade do relógio biológico. Isso melhora o humor, o metabolismo e o sistema imunológico. E não é só isso: o uso da iluminação natural limita o crescimento de bactérias e fungos no ambiente.

Renovação do ambiente

Mesmo galpões já prontos podem se beneficiar do uso de iluminação natural. Um retrofit — modernização das instalações — permite renovar o ambiente e incluir opções importantes de uso de luz solar.

Economia financeira e ganho de produtividade

É certo que a instalação de sistemas que permitam usar iluminação natural tem um custo. Entretanto, quando ele é comparado com a redução no uso de energia elétrica e os ganhos em produtividade, é possível perceber que esse tipo de investimento retorna em curto prazo na forma de economia financeira.

Como otimizar o uso da luz solar?

O primeiro passo é ter o apoio de um especialista nessa área. Ele vai ser capaz de fazer os levantamentos necessários (tanto de condições do local quanto de necessidades da companhia) e, com base neles, criar um projeto adequado para a organização.

Um bom projeto de iluminação deve ser eficiente, econômico e funcional. Em um ambiente corporativo, o uso da luz branca dá sensação de mais luminosidade e exige menos esforço para enxergar com precisão. Além disso, ela é considerada mais estimulante.

Contudo, é importante lembrar que, se por um lado trabalhar com pouca luz pode ser incômodo, por outro, ter muita luz é quase insuportável. Afinal, esse excesso causa sensação de ofuscamento. Por isso, o projeto deve considerar cada ambiente individualmente.

Existem softwares especializados que permitem modelar o edifício ao mesmo tempo em que avaliam a previsão de horas diárias de recepção de luz, a quantidade de calor a ser absorvida, o tamanho das aberturas e outros. Com esses dados, podem-se definir os recursos construtivos mais adequados.

Para deixar o ambiente no seu galpão mais vivo com a iluminação natural, abaixo, acompanhe algumas dicas importantes!

Use portas e janelas de vidro

Para garantir mais iluminação natural no interior do galpão, portas e janelas de vidro podem ajudar. Se quiser ter a opção de controlar os níveis de incidência de luz, cortinas e persianas devem ser usadas. Essa medida simples faz muita diferença para quem usa o ambiente. Além disso, películas e cortinas translúcidas ajudam a garantir a privacidade.

Invista em janelas grandes

Quando se usam modelos grandes, há mais espaço útil disponível para a passagem de luz natural por eles. Dessa forma, o ambiente é iluminado de forma mais eficiente.

Opte por material translúcido em fachadas e coberturas

Quanto mais áreas que permitam a entrada da iluminação natural no ambiente, melhor. Assim, a luz vai chegar ao interior do galpão vinda de diferentes pontos e pode contemplar, de forma mais completa, o uso mais abrangente desse recurso.

Evite o calor

O projeto deve utilizar a luz e evitar que o calor e a radiação nociva do sol cheguem ao interior do galpão. Fachadas e coberturas em material translúcido podem usar brises, que limitam a luz direta e criam sombras para manter a temperatura do ambiente agradável.

Aposte em tons neutros e claros

O ideal é ter paredes em cores claras e neutras. Além de permitirem que as paredes reflitam melhor a luz recebida, garantem que o ambiente não fique muito quente. E as cores claras vão além: valorizam a iluminação natural e fazem o ambiente parecer maior.

Posicione os móveis corretamente

O posicionamento do mobiliário pode fazer a diferença quando a ideia é aproveitar a iluminação natural. Afinal, se peças grandes e pesadas bloquearem janelas e passagens de luz, de nada adianta tê-las.

Distribua a iluminação de forma homogênea

É importante que a luz natural seja aplicada no ambiente da forma mais homogênea possível. Assim, é preciso que ela seja tanto intensa quanto difusa. Com isso, ela não vai se limitar a uma pequena área no interior do galpão, mas sim será abrangente para atingir o máximo de espaço possível.

De forma geral, a iluminação natural permite tornar ambientes corporativos mais adequados para uso. Quando é feita de forma planejada, tem mais chances de seu uso ser bem-sucedido. Entretanto, lembre-se de considerar a iluminação do ambiente como se não houvesse a fonte natural — assim, é possível usá-la se houver necessidade de trabalho noturno ou em dias com luminosidade prejudicada.

Gostou deste conteúdo? Ficou animado para adotar uma solução semelhante na sua companhia? Então, compartilhe este texto em suas redes sociais e saiba o que outros interessados acham dessa ideia!

João Pedro Freire

João Pedro Freire

Marketing e Desenvolvimento de Produto na SX Lightinhg
Focado em marketing digital e vendas B2B
Desenvolvimento de processo e gestão
João Pedro Freire

Últimos posts por João Pedro Freire (exibir todos)

Tags do post

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • Rua José Ayrton Machado, 150
    Feital - Pindamonhangaba, SP
    CEP 12441-265

  • (12) 3641-6522