Descubra o que é o Grau de Proteção IP

 

Você já deve ter percebido que diferentes produtos apresentam uma descrição relacionada ao Grau de Proteção IP — sigla utilizada para mostrar a proteção de produtos eletrônicos contra partículas de poeira e água pela Comissão Eletrotécnica Internacional (IEC).

Já no Brasil, a norma IEC 60529, publicada pela ABNT em 2017, dispõe sobre os padrões internacionais para a classificação e a avaliação do grau de proteção que interfere na durabilidade dos produtos.

Se você deseja saber mais sobre o tema e descobrir, de uma vez por todas, o que realmente significa o Grau de Proteção IP, continue a leitura deste post, pois vamos apresentar todos os detalhes. Confira!

O que é o Grau de Proteção IP?

O Grau de Proteção IP, como vimos, é utilizado para demonstrar a proteção contra partículas de poeira e água em produtos eletrônicos. Por essa razão, é possível encontrá-lo em aparelhos como smartwatches, celulares, luminárias, cabos elétricos e outros dispositivos eletrônicos.

Em geral, as pessoas observam o Grau de Proteção IP para avaliar a proteção de seus dispositivos contra líquidos. Contudo, no ramo da indústria, também é importante se atentar à proteção contra partículas de poeira, pois existem processos de produção que as deixam no ar.

Qual é a importância do Grau de Proteção IP?

Para evitar que os seus dispositivos eletrônicos sejam danificados e perdidos, é importante se atentar ao Grau de Proteção IP. Além disso, esse indicativo aponta a resistência e a adequação dos produtos para uso em ambiente interno ou externo — que, por sua vez, estão sujeitos à umidade e às condições variáveis de temperatura, vapores ou ruídos.

Um equipamento como uma luminária de LED, que apresenta Grau de Proteção IP 20, não deve ser instalado em ambientes externos, pois essa graduação não apresenta qualquer tipo de proteção contra água. Portanto, o contato com líquidos é capaz de danificar os componentes internos presentes no dispositivo.

No mesmo sentido, não há a necessidade de instalar um equipamento com Grau de Proteção IP 68 — nível mais elevado de proteção que um dispositivo pode obter —, em um ambiente interno, pois locais fechados estão menos sujeitos a ação de poeira e água.

Quanto maior o Grau de Proteção IP, maior é a tecnologia envolvida em sua produção para que sejam criadas barreiras contra água e objetos sólidos, o que, consequentemente, aumenta os custos de desenvolvimento do produto.

Dessa maneira, é fundamental sempre levar em consideração o Grau de Proteção IP contra poeira e umidade indicado pelo fabricante do item, pois a sua má utilização é capaz de gerar danos ao funcionamento do produto.

Como interpretar o código que define o Grau de Proteção IP?

O Grau de Proteção IP é composto por dois números: o primeiro diz respeito ao grau de proteção fornecido contra objetos sólidos, como poeiras; o segundo número apresentado corresponde à proteção que o item oferece contra líquidos.

Nesse sentido, quanto mais elevado o número, maior é a sua resistência ao ingresso de corpos estranhos. O grau de proteção contra a água segue uma escala de 0 a 8, enquanto o grau de proteção contra sólidos é classificado de 0 a 6.

O primeiro numeral, que indica o Grau de Proteção IP contra objetos sólidos, corresponde a seguinte classificação:

  • 0 — não protegido contra objetos sólidos;
  • 1 — protegido contra objetos sólidos com 50 mm ou mais de diâmetro;
  • 2 — protegido contra objetos sólidos com 12 mm ou mais de diâmetro;
  • 3 — protegido contra objetos sólidos com 2,5 mm ou mais de diâmetro;
  • 4 — protegido contra objetos sólidos com 1 mm ou mais de diâmetro;
  • 5 — proteção contra poeira, mas ainda há a possibilidade de sua entrada em pequenas quantidades;
  • 6 — a prova de poeira e sem qualquer possibilidade de entrada.

Já o segundo numeral, que indica o Grau de Proteção IP contra água no dispositivo eletrônico, conta com a classificação que vamos apresentar a seguir:

  • 0 — nenhum tipo de proteção contra o ingresso de água;
  • 1 — proteção contra quedas de gotas de água que caem na vertical;
  • 2 — proteção contra quedas de gotas de água que caem na vertical com corpo inclinado em até 15 graus;
  • 3 — proteção contra quedas de gotas de água que caem na vertical com corpo inclinado em até 60 graus;
  • 4 — proteção contra quedas de gotas de água que caem em toda e qualquer direção;
  • 5 — proteção contra jatos de água;
  • 6 — proteção contra jatos potentes de água e ondas do mar;
  • 7 — proteção contra imersão temporária em água de até 1 metro por 30 minutos;
  • 8 — proteção contra a imersão contínua em água.

Dessa maneira, a classificação IP 68 é maior que pode ser atingida e indica que o produto está completamente protegido contra poeira e água. Já a classificação IP 65, por exemplo, corresponde a um produto que é completamente à prova de poeira, mas protegido apenas contra jatos de água.

Os numerais que indicam as classes ou o grau de proteção sempre devem ser precedidos da sigla invariável IP, que quer dizer International Protection (ou seja, proteção internacional). É válido ressaltar que os níveis de classes de proteção IP são padrões internacionais definidos pela norma IEC 60529.

Um produto que é bem projetado e conta com a proteção devida é capaz de evitar diferentes problemas, inclusive danos físicos, como choque elétrico aos usuários, além de prevenir o dano ao próprio equipamento eletrônico.

Agora que você já conhece todos os detalhes sobre o Grau de Proteção IP, deve ter percebido que entender as suas particularidades é mais importante do que você imaginava, não é mesmo? Afinal, somente uma pessoa que tem conhecimento sobre os índices de proteção existentes é capaz de escolher da forma correta os dispositivos adequados para cada ambiente.

Se você gostou do post e das dicas que apresentamos sobre Grau de Proteção IP, compartilhe este post em suas redes sociais e ajude os seus amigos a entenderem sobre o tema!