Entenda como calcular o ROI para luminárias LED!

Você já ouviu falar sobre os cálculos de ROI (retorno sobre o investimento)? Neste post, você vai encontrar o conceito de eficiência energética e entender por que as luminárias LED são uma excelente opção de aquisição para aumentar a lucratividade da sua empresa e se destacar diante da concorrência.

Também vamos explicar como calcular o ROI para as luminárias LED de uma empresa. Descubra, ainda, vários pontos interessantes sobre esses produtos, que permitem aos empresários elevar a produtividade, ao mesmo tempo em que reduzem os gastos com o pagamento da fatura de energia elétrica.

As novas tecnologias superam todos os outros modelos de lâmpadas usuais que estão no mercado há muitos anos, inclusive as famosas fluorescentes e lâmpadas de vapor metálico ou de sódio em alta pressão.

Quer saber mais sobre a sustentabilidade e como ela pode aumentar a competitividade da sua organização, enquanto auxilia na preservação do meio ambiente? Acompanhe a leitura!

Observe o que é ROI

A sigla ROI corresponde ao termo return on investment, de origem inglesa, cuja tradução significa retorno sobre o investimento — e que também é chamado de taxa de retorno. Sendo assim, refere-se ao lucro obtido nas operações empresariais, relacionando quanto dinheiro foi ganho ou foi perdido após o investimento de determinada quantia.

Os empreendedores avaliam o retorno previsto, o retorno exigido e o retorno efetivo. Este último é usado para avaliar o desempenho dos investimentos. Os valores obtidos são rendimentos líquidos, enquanto o ROI é definido como um percentual.

Vale destacar que se trata de uma ferramenta de análise que pode ser aplicada em todos os tipos de investimentos e não é uma utilidade recente, pois é conhecido nos ambientes organizacionais desde 1920. O ROI é importante pelos seguintes motivos:

  • possibilita o mapeamento das fontes de lucro;
  • permite a otimização dos lucros;
  • identifica os melhores investimentos;
  • favorece a criação de planos de ação;
  • propicia o estabelecimento de metas.

Fazer o cálculo do ROI antecipadamente impacta positivamente os empreendimentos, porque facilita a tomada de decisões mais certeiras. Além disso, agiliza os processos de investimentos pelo surgimento de potenciais interessados em aplicar os seus recursos para alcançar rendimentos no futuro.

Por outro lado, permite o acompanhamento do impacto dos negócios diante das suas metas e objetivos.

Aprenda como calcular o ROI para as luminárias LED

Existem diversas metodologias para calcular o ROI, de acordo com a finalidade ou o enfoque que o profissional deseja conferir aos resultados. As fórmulas mais simples e mais utilizadas estão disponíveis em livros das Ciências Contábeis, Econômicas ou Financeiras. Apenas a título exemplificativo, vamos registrar a mais simples:

ROI = (lucro obtido X período) – (Investimento inicial) / (Investimento inicial)

Talvez você consiga entender melhor o cálculo por meio de um caso prático. Vamos supor que uma empresa tenha realizado um investimento de R$5 mil para ter luminárias LED em todos os seus setores, e conseguiu diminuir o seu gasto com energia elétrica de R$500,00 para R$250,00. Após 48 meses do investimento realizado, o ROI seria de 1,4, ou seja, 140%.

ROI = (250 X 48) – (5.000) / 5.000

ROI = 1,4

A ideia da fórmula é subtrair o valor obtido do investimento inicial para, depois, dividir pelo resultado da aplicação. Quanto maior for o ROI, mais retorno financeiro ele vai gerar para os envolvidos. As métricas são úteis para definir quando o investimento deve ou não ser feito, e depois de realizado, se ele realmente valeu a pena.

O período que sua organização utilizará como base de cálculo para obter o ROI pode ser tanto a vida útil da luminária LED, que superam 100.000 horas, ou o tempo de garantia do produto. Quando for utilizado o método da vida útil é importante dividir 100.000 horas pela quantidade de horas de utilização da luminária mensalmente para encontrar o período em meses.

Além de encontrar o ROI é importante calcular em quanto tempo você retorna 100% do valor investido no projeto de iluminação, neste caso pode-se utilizar a seguinte fórmula:

meses para 100% do ROI = (Investimento inicial) / (Economia mensal obtida com a tecnologia LED)

Assim será possível identificar em quantos meses sua organização terá o retorno de 100% do valor investido.

Compreenda o conceito de eficiência energética

Eficiência energética diz respeito a atividades que objetivam aprimorar o uso de fontes de energia de modo racional para obter resultados ainda mais satisfatórios. Refere-se à quantidade de energia elétrica utilizada por um equipamento para a realização de tarefas, em comparação com aquela que foi disponibilizada para isso.

Ela é um dos pilares das políticas energéticas sustentáveis, que são aplicadas às organizações no Brasil desde os anos 80. Resumidamente, o governo trata de diversas questões de vários setores de produção, transporte, educação, saneamento e outras áreas, oferecendo incentivos para as entidades que conseguirem produzir mais usando menos energia elétrica.

Descubra por que as luminárias LED são as mais econômicas

As luminárias LED possuem valor de investimento superior ao custo de aquisição das tecnologias convencionais, mas elas têm durabilidade muito maior do que as fluorescentes, incandescentes e lâmpadas de vapor. Quem faz uso das novas tecnologias sabe que elas têm vida longa, superior à 100.000 horas e, se forem ligadas durante 8 horas por dia, duram em torno de 15 anos.

Porém, o benefício mais incrível é que elas economizam a energia elétrica proporcionando retorno financeiro para aqueles que investem nela. É possível substituir uma lâmpada de vapor de sódio de 400W por luminárias LED com 100W e 14.000 lúmens. Veja, a seguir, outros fatores relevantes!

Saiba o que são e como funcionam as luminárias LED

As luminárias LED são inovações ou dispositivos que contêm semicondutores emissores de luzes por meio da passagem de corrente elétrica — eletroluminescência. São diferentes das tradicionais por que precisam de um diodo com energia para emitir luminosidade, enquanto as demais precisam de descargas elétricas em gases e poluem a natureza.

Elas são perfeitas para as empresas de pequeno, médio e grande porte pelas inúmeras vantagens que proporcionam aos seus usuários.

Confira quais são as principais aplicações das luminárias LED

Caso você tenha a intenção de fazer uso dessa alternativa sustentável, tenha em mente que elas são úteis para todas as aplicações imagináveis. Podem ser, normalmente, instaladas nas áreas internas e externas, apresentando alta eficiência em locais maiores, como estacionamentos, supermercados, shoppings, estabelecimentos comerciais e industriais, entre outros.

São recomendadas para projetos luminotécnicos que promovem a redução significativa de gastos com o pagamento de energia elétrica.

Verifique como avaliar custo-benefício das luminárias LED

A economia após a instalação das luminárias LED é superior a 50% do valor que era dispendido com as contas de energia elétrica. Portanto, elas reduzem a demanda de energia, evitando o aumento dos preços das tarifas.

Além do mais, os gastos com inspeção e revisão são bem menores do que é investido nas lâmpadas tradicionais, oferecendo visibilidade perfeita e eliminação de poluição visual. Enfim, elas não contêm mercúrio ou substâncias tóxicas para proteger os ecossistemas.

Veja como começar a investir em LED

Para começar os seus investimentos em luminárias LED, é preciso analisar os fornecedores que estão atuando nesse mercado. Procure uma empresa que ofereça uma linha de produtos ideal para todos os tipos de empreendimentos, que seja renomada e que atue na automação industrial, com soluções ecoeficientes em iluminação a LED.

Um projeto de iluminação bem estruturado com a instalação de luminárias LED é a melhor saída para quem deseja gastar menos com energia e produzir mais, aplicando na sua empresa o conceito de eficiência energética. Comece agora mesmo a calcular o ROI das novas tecnologias e aproveite todas as nossas dicas. Elas são fundamentais para a alavancagem do seu negócio.

Gostou deste conteúdo? Compartilhe as informações nas suas redes sociais para que os seus amigos fiquem por dentro do tema!