Iluminação para Indústrias Química, entenda mais sobre!

Saiba a importância de uma boa Iluminação para Indústrias Química!

Quando o gestor se aprofunda sobre a iluminação para indústrias química, ele consegue garantir diferentes benefícios para o negócio, como a redução de custos, a melhoria de qualidade no ambiente de trabalho — o que aumenta a produtividade do pessoal —, entre outras vantagens que potencializam a competitividade.

Para que você entenda melhor sobre a importância da iluminação, trouxemos este material que lista os tipos de luminárias mais recomendadas, mostra quais são as ideais para indústrias químicas, por que combinar LED com luz natural e mais. Acompanhe!

Quais são os tipos de luminárias recomendadas?

Existem diferentes equipamentos que são desenvolvidos para segmentos específicos, indústrias química, ideais para escritórios, condomínios, supermercados, iluminação pública, laboratórios etc.

Também há produtos que são pensados especialmente para satisfazer as necessidades de indústrias em geral, pois são construídos objetivando mais economia, durabilidade e baixa manutenção. São eles:

  • refletor high bay — traz maior eficiência luminosa (geram mais luminosidade com menos energia) e direciona melhor a iluminação;
  • refletor smart — pode conectar-se com sistemas inteligentes e sensores automáticos para otimizar a iluminação;
  • luminária linear — diminui o número de pontos de luz e direciona para onde realmente é necessário e é dividida em low bay linear (para pés direitos abaixo de 7 metros) e high bay linear (para pés direitos acima de 7 metros);
  • luminária hermética e hermética tubular — indicada para temperaturas baixas, por se tratar da opção ideal para frigoríficos e cozinhas industriais, além de ser apropriada para locais difíceis de enxergar, por causa de vapor, da poeira ou umidade;

Saiba que alguns desses refletores e luminárias podem ser aproveitados por diferentes ramos. Por exemplo, refletores high bay podem ser implementados em supermercados, galpões industriais, quadras, ginásios, portos, estacionamentos e indústrias, por serem ambientes relativamente similares.

Quais são as características importantes nas luminárias para indústrias química?

De forma geral, as indústrias consomem uma grande quantidade de energia pelo fato de precisarem iluminar ambientes de maiores dimensões, além da necessidade de deixarem as luzes ligadas por um longo período de tempo. Por isso, as luminárias devem ter uma boa eficiência energética.

Em indústrias químicas, o ambiente onde são produzidos componentes é rigorosamente controlado. É possível que o lote seja completamente prejudicado, caso ocorra uma mudança de temperatura no local, já que um aumento do calor pode causar transformações nos produtos. Uma luz que gera calor, por exemplo, causa grandes prejuízos financeiros ao negócio e, ainda, a necessidade de substituir todos os aparelhos, desperdiçando tempo.

Desse modo, é importante usar luminárias que não emitam calor e raios infravermelhos. Por fim, também é interessante que o aparelho tenha resistência a agentes químicos, à umidade, água e poeira. Essa é uma qualidade importante pelo fato de ser possível que a luminária mantenha contato por muitas horas diárias com vapores, resquícios ou gases provenientes de produtos químicos.

Para encontrar produtos com essas qualidades, verifique se eles utilizam a tecnologia de LED (light emitter diode, ou diodo emissor de luz, em português), que consegue transformar energia elétrica em luz. Esse tipo de iluminação traz um grande número de benefícios para uma indústria química. Veja:

  • menor consumo de energia — luminárias LED podem gerar uma economia de custos de até 90% em relação às incandescentes;
  • modulação e flexibilidade — cada módulo de controle da LED é independente, assim, o operador pode usar plataforma e ajustar a quantidade de iluminação digitalmente, seja por comandos manuais, seja automático;
  • menos manutenções — o sistema de iluminação será mais resistente à fuligem, presença de pó, ao calor, frio, a vapores, oscilações elétricas, entre outros danos, o que reduz manutenções e substituições;
  • melhor vida útil — LEDs de boa qualidade podem ter uma vida útil de cerca de 50 mil horas, se usadas continuamente (24 horas por dia), durabilidade muito superior às luminárias convencionais;
  • qualidade — luminárias não têm nenhum filamento, não emitem radiação infravermelha ou térmica (transmissão de calor por ondas eletromagnéticas), sendo ideais para indústrias químicas.

Qual é a importância da combinação da iluminação LED com a natural?

Apesar de todas as vantagens proporcionadas por luminárias LED, combiná-las com a iluminação natural trará ainda mais benefícios à indústria. Luzes artificiais não têm o amplo espectro de cores e o comprimento de onda da luz natural, o que faz com que as primeiras não sejam tão benéficas como a última.

Quando aplicada inteligentemente, a luz do sol torna o ambiente de trabalho mais agradável, deixando os colaboradores mais bem-humorados, produtivos e sociáveis. Eles terão maior prazer em realizar suas atividades e desejarão manter-se na empresa, reduzindo o turnover (rotatividade de funcionários).

No que diz respeito iluminação para indústrias químicas, é importante atentar-se ao fato de que nem todos os itens podem ter contato com a iluminação natural. Faça reuniões com os líderes de outros setores para que eles informem em quais locais podem ter luz do sol e onde se deve instalar somente luminárias LED.

Aqui também é interessante receber o apoio especializado para realizar projetos luminotécnicos, garantindo que os produtos apropriados sejam adquiridos pela indústria, instalados no local adequado e de acordo com as normas vigentes.

Como funciona a automação da iluminação para indústria química?

Os gestores podem tornar a iluminação na indústria mais inteligente ao automatizar seu controle, o que é chamado de automação indoor. Graças a essa tecnologia, as luminárias podem acender quando alguém entrar no local, desligar-se quando a luz natural entrar na cômoda, aumentar ou diminuir a luminosidade conforme a necessidade do ambiente, entre outros cenários.

Na prática, toda a rede elétrica ou os pontos específicos são integrados por um sistema especializado, e um receptor exerce o papel de interruptor para cada circuito, fazendo com que um toque controle todo o sistema.

Isso pode economizar ainda mais 15% dos custos com energia, mas é recomendável que a mesma empresa que fornece as luminárias também disponibilize a automação, já que o sistema implementado terá melhor compatibilidade com seus equipamentos.

Quando tratamos da iluminação para indústria química, é importante ficar atento tanto às necessidades para fábricas em geral como às específicas de fabricantes de produtos químicos. Com o uso da tecnologia LED e automação, é possível garantir um sistema de iluminação eficiente.

Gostou do nosso conteúdo? Receba nossos materiais diretamente no seu email, assinando nossa newsletter!