Iluminação supermercados: saiba a importância de um bom projeto!

A iluminação em supermercados deve ser tratada com especial atenção. Em todos os setores do comércio e da indústria, esse ponto é importantíssimo para garantir a produtividade e a segurança, reduzir acidentes e melhorar o conforto ambiente.

No entanto, nos supermercados, a iluminação ganha um protagonismo ainda maior, pois é parte essencial da experiência do consumidor (CX). Hoje em dia, as pesquisas de marketing e de vendas mostram que a CX é um dos principais fatores de atração e fidelização de clientes.

Mas o que isso significa? As empresas devem oferecer um jornada de compras impecável, indo muito além de aspectos relacionados ao preço e ao atendimento. Nesse sentido, os estímulos sensoriais são importantíssimos, pois geram emoções positivas valiosas para a avaliação que o indivíduo faz da experiência.

Quer entender melhor todos esse benefícios? Acompanhe!

O que é um projeto luminotécnico para supermercados?

Como veremos a seguir, em muitos negócios, a iluminação é determinante para o sucesso das estratégias corporativas. Portanto, ela não deve ser conduzida de forma amadora ou pouco especializada. O ideal é ter um planejamento específico, conduzido e executado por prestadores de serviços e fornecedores com ampla experiência em iluminação industrial e comercial.

O projeto luminotécnico permite que sua empresa planeje a estratégia de iluminação em diferentes níveis

  • estratégico – é todo o processo que permite que você perceba os ganhos que a iluminação pode trazer para seus metas corporativas e estabeleça quais são seus objetivos com o projeto em específico;
  • tático – permite o estabelecimento de diretrizes e ações para garantir o sucesso das suas metas. Assim, envolve a escolha de materiais, peças e fornecedores de excelência;
  • operacional – o projeto também garante o dimensionamento eletrotécnico correto, a conformidade com as normas técnicas da ABNT e da ISO, a compensação de reflexos e sombras, entre outros pontos.

Com isso, a iluminação deixa de ser apenas mais um detalhe estrutural e passa a ser uma estratégia comercial.

Quais são as vantagens de um bom projeto de iluminação de supermercados?

Prevenção de perdas

Os supermercados são um dos alvos preferenciais de furto e de roubo. Vários estudos mostram sua influência na redução da criminalidade. Afinal, ela facilita a identificação de ações maliciosas por seus colaboradores e garante a captura de imagens mais nítidas por câmeras de seguranças. Consequentemente, os bandidos buscarão comércios menos iluminados para agir.

Além disso, nos supermercados, as perdas também estão relacionadas ao vencimento ou deterioração de produtos. Uma boa iluminação permite identificar produtos fora do local de conservação adequado, a visualização de problemas nas embalagens e da data de validade, entre outros.

Eficiência térmica

Os supermercados lidam com produtos perecíveis e extremamente sensíveis ao calor. Então, o controle térmico interno deve ser bem preciso para garantir que as prateleiras, os freezer e as geladeiras fiquem na temperatura ideal.

Alguns modelos de lâmpada, como as incandescentes e as fluorescentes, geram muito calor. Assim, podem prejudicar a estabilidade térmica, aumentando a necessidade de climatização artificial.

Por sua vez, os LEDs apresentam tecnologia avançada para o aproveitamento máximo da potência com o mínimo de aquecimento.

Eficiência energética e redução dos custos

Na embalagem dos equipamentos de iluminação, há informações sobre sua potência, o fluxo luminoso e eficiência.

Muita gente acha que quanto maior a potência, melhor um equipamento ilumina. Essa relação está incorreta, pois a potência indica a quantidade de energia que aquele equipamento pode consumir ao longo do tempo. Medida em watts, quanto maior ela é, maior o gasto com energia.

É o fluxo luminoso que indica a quantidade de luz que aquela peça emite em seu feixe. Ele é medido em lúmens. Quanto maior ele for, maior a capacidade de um iluminar o ambiente. Portanto, você deve escolher os itens que apresentam um melhor feixe luminoso para cada unidade de potência. Veja a comparação das tecnologias para produzir a mesma quantidade de luz (800 lúmens):

  • uma lâmpada incandescente precisa de 60 watts de potência. A eficiência luminosa é de 13,3 lm/w;
  • já as fluorescentes gastam 15 watts. A eficiência luminosa é de 53,3 lm/w;
  • as luminárias LED utilizam 9 watts, em média, e a eficiência é de 88 lm/w.

Isso significa que o LED reduz o consumo de energia pela iluminação em cerca de 6 a 8 vezes (em comparação às incadescentes) e de 2 vezes (em relação às fluorescentes). Por que o LED é tão mais eficiente? Ele perde menos energia na forma de calor. Assim, além de gastar menos com a iluminação, pode-se economizar no ar-condicionado e na refrigeração.

Sustentabilidade

Grande parte da energia consumida vem de fontes que causam algum nível de agressão ao meio ambiente. Quando você consome menos, está contribuindo para a sustentabilidade do planeta. Além disso, ao contrário das lâmpadas fluorescentes e incandescentes, todos os materiais do LED são recicláveis e não apresentam substâncias tóxicas.

Qual a influência da iluminação supermercados na experiência do cliente?

Grande parte da experiência do cliente nos supermercados está às sensações físicas. Nesse ramo do varejo físico, as pessoas querem ver, tocar, cheirar, degustar e ouvir os produtos:

  • As cores e o design dos rótulos atraem o interesse. Então, ele vai ler o rótulo da embalagem atentamente em busca informações que o ajudam a entender como aquele item vai resolver a sua dor;
  • Para confirmar a sua impressão, ele pode balançar a caixa para ouvir os sons do conteúdo, aproximar o produto do nariz, ir em busca de degustações, entre outras ações, assim, ele decide se coloca ou não o produto no carrinho

A jornada de compras, portanto, deve ser pensada sempre para que os estímulos sensoriais causem uma impressão impecável do momento em que ele visualiza a fachada do estabelecimento até depois do pagamento no caixa.

Em todo o caso, a visão é o primeiro ponto de contato e definirá toda a experiência. Os estudos mostram que, no marketing e nas vendas, a primeira impressão é realmente a que fica. Mas como um bom projeto de iluminação influencia nisso? Entenda:

  • fachada mais atrativa – a escolha de bons refletores permite a para os detalhes mais importantes da sua marca. Além disso, evita estímulos negativos que afastam clientes, como a sensação de insegurança de pontos mal iluminados;
  • condução da jornada do consumidor – com estratégias de iluminação, você pode conduzir o cliente para os produtos e seções prioritárias para seu negócio;
  • visualização das embalagens – a iluminação deve permitir a nitidez e a preservação das cores originais, que são pensadas para otimizar a atratividade do produto;
  • leitura dos rótulos e etiquetas – a dificuldade de ler as informações por baixa iluminação faz com que o cliente perca o interesse no produto;
  • prevenção de estímulos negativos – o desconforto visual provocado pela falta ou excesso de iluminação desencadeia reações corporais de preocupação ou ansiedade, que causam uma disrupção na experiência de compra. Assim, o cliente pode desistir de toda a compra ou reavaliar a necessidade de itens que colocou no carrinho.

Portanto, veja a iluminação de supermercado como parte da sua estratégia comercial. Um bom projeto luminotécnico permite o ganho de diversas vantagens. Por esse motivo, busque o auxílio de uma equipe com expertise para o planejamento e execução adequados, compre com fornecedores de excelência e escolha as tecnologias mais avançadas, como o LED.

Quer continuar recebendo as melhores dicas e novidades de iluminação comercial na sua linha do tempo do Facebook? Então, curta nossa página!