Os principais pontos na norma de iluminação para portos

A iluminação é um fator muito importante em um projeto portuário por garantir agilidade e segurança. Imagine a manobra por meio de um guindaste de um container que pesa mais de 20 toneladas. Essa é uma atividade complicada, que pode ser realizada somente por um profissional qualificado, com muita precisão e técnica para que a carga seja manuseada corretamente.

Quando a claridade da área portuária é ineficiente, fica ainda mais difícil a realização das atividades nos portos. Por isso a relevância de uma luminosidade de alta qualidade para esse setor. Neste post, vamos falar a respeito da Norma de Iluminação para Portos, NBR-10864, e da importância da adequação legal na iluminância portuária. Deseja entender como é possível garantir a eficiência na execução das tarefas em um porto? Siga em frente!

A importância do projeto portuário

De acordo com Viviane Guimarães, do departamento de marketing da SX Lighting, o projeto portuário é indispensável para a adequação legal da luminosidade nesses locais. Porém, existem outras vantagens para a execução dos trabalhos no porto, que devem ser consideradas na hora de escolher os equipamentos e os dispositivos para uso.

Além do sistema de iluminação ideal ser projetado para estar de acordo com as normas vigentes do local, os benefícios para quem decide implementá-lo são enormes. Entre os principais, estão a economia de energia elétrica devido ao uso dos diodos emissores de luz e a preservação do meio ambiente, visto que as luminárias e refletores não emitem gases nocivos.

Vale destacar que a uniformidade da iluminação nos portos é um fator observado pelos projetistas, tendo em vista que as torres altas necessitam de dispositivos com fachos de luz que variem entre 12º e 60º. As luminárias e os refletores LED permitem a luminosidade uniforme nos cais, nas plataformas, na área de estocagem dos contêineres e de atracação de navios.

As normas que substituíram a NBR-10864

A NBR-10864:1989 era a norma de iluminação para portos, que fixava as condições de luminosidade das áreas portuárias. Porém, ela foi cancelada e não é mais utilizada pelo setor desde 2011. Na atualidade, são observados os requisitos da NR-29, que trata da segurança e saúde no trabalho portuário, onde a iluminação de toda a área de operação deve ser adequada, adotando-se medidas para evitar colisões e/ou atropelamento, em conjunto com a NBR-8995-1: 2013.

A base para a concepção de um projeto luminotécnico são as normas reguladoras da atividade portuária. Em virtude das características próprias de cada local e de vários fatores envolvidos, é preciso que o profissional especializado proponha soluções efetivas de alto desempenho.

A adequação aos requisitos legais dispostos nas normas possibilita a aplicação das melhores práticas e a superação de desafios. As especificações técnicas básicas devem fazer parte do projeto, bem como o atendimento de diversos critérios, por exemplo: as iluminâncias mínimas nas áreas do complexo que não poderão ser inferiores a 50 lux. Contudo, a precisão na escolha dos equipamentos é fundamental.

O projeto determina o número de luminárias, projetores e refletores que devem ser adotados e os demais dispositivos a serem utilizados em determinado local. Mas o maior desafio é a proposição de uma solução eficiente, com potência que proporcione a economia de energia e que atenda às normas regulamentadoras.

As vantagens da iluminação LED

A área portuária é um espaço amplo que engloba setores com aspectos diferenciados. Consequentemente, um projeto luminotécnico com a quantidade adequada de dispositivos pode ser a solução para o atendimento das condições de luz exigidas pelas normas já mencionadas. A luminária de LED tem se mostrado a melhor alternativa para os portos, por ser bastante vantajosa.

Os projetistas fazem o cálculo de iluminação e selecionam as luminárias mais indicadas para a elaboração do projeto portuário. Os dispositivos LED fabricados para atender às necessidades do porto são os mais utilizados, já que apresentam as seguintes vantagens:

  • ótima relação custo-benefício;
  • maior durabilidade;
  • mais eficiência energética;
  • excelente iluminação.

Um dos maiores benefícios de se investir em dispositivos LED é que eles têm uma vida útil elevada quando comparados às lâmpadas comuns. Eles geram redução de mais de 85% no consumo de energia, apresentam uma eficiência energética maior, têm garantia de 5 anos e duram até 10 anos sem exigir trocas constantes.

O projeto luminotécnico necessita de menos itens para alcançar o grau de claridade ideal, além de promover a redução das despesas com manutenção preventiva e corretiva. Portanto, pode-se afirmar que os dispositivos LED são os mais indicados para projetos portuários por serem eficazes e gerarem retorno dos investimentos. As luminárias LED são planejadas e confeccionadas com tecnologia de ponta para que trabalhem de forma integrada, favorecendo gestores e colaboradores.

A relevância da modernização de sistemas

Os sistemas de iluminação portuários devem ser modernizados de forma adequada aos pontos das NR-29 e NBR-8995-1. Os primeiros passos de um projeto luminotécnico de LED para zonas portuárias precisam ser dados nesse sentido. Dentre várias disposições e os requisitos técnicos, essas legislações trazem as determinações de iluminância mínima para as áreas.

Além disso, os altos custos de instalação e retrabalhos que são bastante comuns nessas áreas tornam o projeto de iluminação essencial para atingir os objetivos dos administradores. Um projeto moderno para portos contribui com a competitividade nacional e internacional por oferecer perfeitas condições para a movimentação e armazenagem dos mais diversos tipos de cargas.

Com o projeto luminotécnico, o projetista garante o atendimento às normas nacionais e internacionais de Segurança e Trabalho, a cobertura de todas as instalações e ruas do porto marítimo, como docas, estacionamento, silos, píer, pátios, entre outros. Em decorrência disso, todo o processo de trabalho, que geralmente acontece durante 24 horas por dia, é realizado com organização, segurança, agilidade etc.

A SX Lighting pode ajudar na iluminação portuária, pois trabalha com projetos luminotécnicos elaborados conforme a norma para portos. A empresa é especializada no fornecimento de produtos particulares para as instalações marítimas. Os dispositivos oferecidos contam com proteção contra impactos e suportes anti-vibração, são resistentes às intempéries, à corrosão do material pela maresia e aos ventos.

Gostaria de obter mais informações sobre projetos de iluminação para portos? Entre em contato conosco e receba um ótimo atendimento!