Saiba tudo sobre iluminação. Assine nossa newsletter!

Projeto luminotécnico: você conhece e sabe quando fazê-lo?

Para certificar a qualidade de luz em um estabelecimento alguns cuidados precisam ser seguidos. O mau dimensionamento das luminárias afetará diretamente a qualidade de vida das pessoas que circularão no espaço. Por isso, o projeto luminotécnico é fundamental em qualquer construção ou reforma.

No caso das empresas, uma série de normas determinam os critérios a serem adotados sobre a iluminância, a temperatura de cor e o índice de reprodução de cor. Esses elementos variam conforme a especificidade e o trabalho exercido na indústria. Portanto, seguir essas orientações é uma maneira de evitar sanções e afetar a qualidade de vida dos funcionários.

Para conhecer um pouco mais sobre o projeto luminotécnico e quando ele deverá ser aplicado, continue sua leitura. Neste post, abordaremos detalhes importantes sobre ele!

O que é um projeto luminotécnico?

O projeto luminotécnico é a elaboração da iluminação adequada para o ambiente escolhido. Para tanto, vários fatores são considerados e adequados a fim de se obter um resultado satisfatório conforme o objetivo estipulado para o espaço.

Para conseguir a iluminância, a temperatura de cor e o índice de reprodução de cor adequado é preciso fazer uma série de cálculos luminotécnicos, a fim de considerar a luminária correta a ser instalada.

Tanto as empresas como as residências precisam de um projeto luminotécnico. No caso das indústrias, é preciso ter atenção às especificações técnicas e às normas que estipulam a relação entre o trabalho desempenhado no local e a taxa de iluminância, por exemplo.

Por outro lado, nas residências, não há regras específicas. O que impactará no cálculo do projeto luminotécnico são informações como a idade das pessoas que moram no local, a frequência de pessoas na casa, os ambientes diferenciados, o gosto pessoal etc.

Para que serve um projeto luminotécnico?

Saber usar a luminária correta, a quantidade ideal, e ainda, saber exatamente onde e o que se quer iluminar faz toda a diferença. Além de poder ressaltar um ambiente, um objeto, uma fachada arquitetônica ou um jardim, a iluminação tem o papel de proporcionar diferentes sensações e por isso a importância do profissional na área.

Para um estabelecimento ou uma residência, a valorização de um ambiente é primordial para aumentar a sensação de bem-estar das pessoas que ali convivem. Já para as indústrias, saber posicionar as luminárias ideais nos lugares adequados impacta na produtividade e segurança do trabalho.

Além da garantia de um ambiente bem iluminado, o projeto luminotécnico é essencial para evitar gastos excessivos. A quantidade de luminárias, assim como as potências de cada uma delas, é dimensionado conforme a necessidade do espaço.

O que é levado em consideração em um projeto luminotécnico?

Existem dois diferentes modelos de projetos luminotécnicos: o corporativo e o residencial. Cada um leva em consideração alguns fatores específicos para garantir a qualidade e a segurança do local.

Projetos corporativos

O primeiro passo para seguir em projetos corporativos é saber o segmento da empresa e estudar a norma específica para o setor e o tipo de trabalho a ser desempenhado. É necessário fazer uma visita in loco para entender o espaço, a arquitetura e a estrutura do local.

Posteriormente, é preciso verificar quais maquinários e/ou equipamentos serão utilizados e, se possível, calcular a volumetria de cada um. Após essa verificação, é preciso analisar o pé direito e como poderá ser feita a instalação de cada uma das luminárias — em forro de gesso, direito na laje ou em perfilados.

É importante saber a influência da luz natural e os níveis de refletância das paredes, pisos e teto. Com essas informações em mãos, podemos começar a escolher a luminária adequada para o local, ao fazer o cálculo luminotécnico e distribuir de forma adequada em planta, para que tenha menos áreas de sombra possível.

Projetos residenciais

Apesar de parecer mais simples, pois não existe uma norma a seguir, os projetos que envolvem residências precisam considerar também o emocional das pessoas que viverão naquele local. Por isso, o primeiro passo é conversar e conhecer o desejo do cliente.

Algumas pessoas gostam de muita luz, outras preferem um ambiente mais intimista e menos iluminado. É possível levar em consideração o gosto pessoal, mas não se pode esquecer de considerar a idade das pessoas que vivem ali. Para pessoas mais velhas, é adequado contar com luzes brancas, por exemplo.

Em áreas de lazer, o ideal é fazer uma combinação de cenários para cada ocasião, separando em circuitos ou automação. Na lavanderia e cozinha, a iluminação precisa ter mais atenção e ser menos relaxante.

Após conhecer cada detalhe da residência, como acabamentos, estilo da decoração, forro e pontos elétricos, será possível escolher o modelo das luminárias, a fim de que combinem com o contexto no qual serão instaladas.

Qual a importância de fazer um projeto luminotécnico?

A iluminação adequada tem o poder de melhorar o ambiente de trabalho, relaxar em momentos de lazer, manter a atenção à uma tarefa de precisão, ressaltar monumentos e fachadas, valorizar um produto à venda, diminuir acidentes de trabalho etc.

Com o cálculo luminotécnico e a precisão nos estudos realizados por profissionais especializados e qualificados, o resultado poderá trazer todos os benefícios citados. Em alguns casos, são realizados testes de aplicação e de direcionamento correto das luminárias.

Um projeto mal calculado ou distribuído, por exemplo, pode ter falhas tanto para o excesso quanto pela ausência. Normalmente, os problemas de falta de iluminação são mais sentidos pelo sombreamento e a dificuldade de enxergar os objetos ao redor.

Mas também o excesso traz problemas. O ofuscamento é um dos inconvenientes que podem acontecer com um projeto luminotécnico mal dimensionado ou negligenciado. Em ambientes de trabalhos, principalmente em fábricas, a sombra pode ser um problema tão grave quanto o ofuscamento, podendo promover acidentes graves.

O projeto luminotécnico deve ser solicitado quando iniciar a etapa de elaboração do ambiente, pois assim, o Ligthing Designer elaborará a luminotécnica de acordo com as disposições do layout do espaço, em seguida, ele poderá calcular e planejar toda a estrutura elétrica do local.

Para conseguir um projeto luminotécnico capaz de promover uma verdadeira eficiência energética é preciso contar com profissionais de alta qualidade e capacidade técnica. Por isso, entre em contato com a SX Lighting e faça um orçamento.

Tags do post

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • Rua José Ayrton Machado, 150
    Feital - Pindamonhangaba, SP
    CEP 12441-265

  • (12) 3641-6522