Veja como escolher a melhor iluminação para indústria alimentícia

Elaborar um projeto de iluminação para indústria alimentícia é um grande desafio. Como nessas indústrias as possibilidades de projetos são variadas, muitas dúvidas surgem, mas o mais importante de tudo é ter uma iluminação eficiente. Afinal, os produtos são perecíveis e um erro na iluminação pode causar sérios problemas.

A boa iluminação não contribui apenas para o bom andamento dos negócios, mas também ajuda a manter a saúde de todos os consumidores e até mesmo dos funcionários que passam horas em seu local de trabalho.

Deseja saber mais sobre como escolher uma boa iluminação para a indústria alimentícia? Continue sua leitura!

A importância de escolher a iluminação certa para indústrias alimentícias

Tanto a falta de iluminação quanto seu excesso podem trazer malefícios que estão relacionados à temperatura da luz, destruindo bactérias essenciais para a conservação dos alimentos, por exemplo. Conheça os principais motivos para escolher uma boa iluminação para indústrias alimentícias, a seguir.

Auxilia na redução de acidentes

Quando planejada cuidadosamente, a iluminação nas indústria alimentícias reduz riscos de acidentes de trabalho e também interfere na qualidade dos alimentos a serem ingeridos. Entre os acidentes mais comuns a serem evitados, citamos:

  • quebra de vidros, podendo machucar pessoas;
  • cacos de vidro nos alimentos, que podem acabar sendo ingeridos;
  • cabelo na comida, comprometendo a higiene.

Portanto, a boa iluminação diminui as chances de esses e outros incidentes ocorrerem. Sendo assim, encontrar as melhores luminárias de LED é a solução mais adequada.

Melhora a produtividade

Luminárias de LED também são ótimas opções para a área produtiva da empresa. A claridade emitida por elas é capaz de melhorar a precisão com a qual os trabalhos são realizados.

Entretanto, para que isso aconteça, certifique-se de que a iluminação esteja de acordo com as normas vigentes e mantenha o local bem iluminado, pois se a aplicação das luminárias estiver incorreta, a produtividade vai ser afetada e o local de trabalho vai se tornar insalubre. Fique atento ao projeto de iluminação para que ele seja um sucesso.

Aumenta a qualidade dos produtos

As tecnologias mais antigas tinham a iluminação muito quente, o que projetava muito calor e raios UV nas mercadorias. A alta temperatura amadurecia as frutas mais rápido e as verduras murchavam.

Usando projetos luminotécnicos modernos, as verduras e as frutas se mantêm com aparência de recém-colhidas. Sem contar que a cor dos alimentos, como carne ou peixe, permanece com aparência fresca e saborosa.

Controla a contaminação

Os diodos emissores de luz estão sendo usados como uma tecnologia inovadora, que tem capacidade de conservar alimentos e de inativar três patógenos de origem alimentar:

  • escherichia coli O157:H7;
  • salmonella typhimurium;
  • listeria monocytogenes.

Os efeitos antibacterianos do LED funcionam devido à emissão da luz azul, que é a responsável por inativar a fotodinâmica das bactérias. Nesse sentido, a tecnologia de luminárias de LED é excelente para o controle de contaminação.

Dicas para escolher a melhor iluminação para indústrias alimentícias

Escolher os equipamentos apropriados para indústrias alimentícias pode ser uma tarefa difícil. Vários fatores devem ser analisados e, por essa razão, quando você for às compras das luminárias de LED, é preciso levar em conta alguns fatores. Confira abaixo!

Considere as necessidades do ambiente

Um dos fatores mais importantes a ser levado em consideração é o de verificar quais são as necessidades do ambiente a ser iluminado. Para isso, é preciso conferir:

  • o objetivo do ambiente;
  • se existem obstruções que interfiram na luminosidade;
  • se a área a ser iluminada possui pontos que precisam ser mais iluminados do que outros.

Fazer essa avaliação garante a eficiência da iluminação do local e faz com que todos os setores da empresa do ramo alimentício fiquem iluminados corretamente, sem exageros ou esquecimento de determinadas áreas do lugar. Essas indústrias também costumam contar com áreas de difícil acesso, como as salas técnicas e tubulações. Tais espaços também merecem atenção.

Pense nas especificações das luminárias

É de extrema importância que as especificações técnicas das luminárias sejam analisadas de acordo com o ambiente. Seja qual for a necessidade, existem produtos planejados para cada espaço, seja na linha de produção, seja na área de armazenagem.

Se a instalação requer tarefas de movimentação de carga e precisão, por exemplo, os ambientes devem receber projetos de iluminação para que as especificações técnicas possam ser atendidas. Entre os dispositivos mais adequados podem estar os refletores, luminárias de embutir ou sobrepor, de alta potência ou com variações de lentes.

Opte por luminárias de LED

As luminárias de LED apresentam várias vantagens e garantem uma boa iluminação. O custo-benefício com relação ao menor consumo de energia também garante um benefício a longo prazo. Além disso, esse tipo de luminária tem uma elevada vida útil.

Atente às normas e padrões de iluminação

Durante a implantação do projeto de iluminação, é preciso atentar para as normas vigentes. Mantendo-se dentro da legalidade, problemas com relação à segurança e com medidas judiciais podem ser evitados. Por essa razão, analise a norma NBR ISSO/CIE 8995-1.

Analise a temperatura da cor

As luminárias devem trazer em sua embalagem dados sobre o produto. Uma das informações exigidas é a de temperatura de cor, que está relacionada à cor da fonte de luz, como branca fria ou branca quente. As especificações das luminárias de LED registram:

  • fluxo luminoso;
  • vida útil das luminárias;
  • IRC;
  • potência.

Sendo assim, a melhor maneira de conhecer os equipamentos é avaliar bem os ambientes nos quais serão usados, para saber quais luminárias são as melhores para cada local.

Planeje os pontos de instalação

Os pontos de instalação vão desde teto, piso, áreas de circulação, locais de guarda de alimentos e equipamentos até os lugares destinados à inspeção de qualidade dos produtos, os quais precisam ser cuidadosamente avaliados. As luminárias deverão ser bem posicionadas para garantir uma iluminação adequada.

Tenha lâmpadas de emergência

As lâmpadas de emergência são obrigatórias para lugares amplos e que recebem grande quantidade de pessoas. Elas são ótimas aliadas quando existe queda de energia. As luminárias a serem escolhidas e a potência de cada uma delas depende do espaço que elas terão que iluminar.

Portanto, quando for planejar a iluminação para indústria alimentícia, verifique a durabilidade dos produtos, as características e não deixe de considerar a segurança e a saúde dos colaboradores.

Gostou do nosso post sobre iluminação para indústrias alimentícias? Aproveite a visita e saiba mais sobre a estrutura de iluminação industrial!